quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Restauro & Patrimônio: qual o limite?

Oi, gurizada! Hoje escolhi um assunto que muito me agrada: Restauro e Patrimônio Histórico. Não foi uma escolha aleatória, mas algo que estava guardado desde que inauguraram o Shopping Independência na cidade de Santa Maria, RS, onde eu moro.

Explico. O shopping reúne o comércio informal da cidade que foi retirado do canteiro da Avenida Rio branco, principal avenida do centro histórico, e funciona onde antes era o antigo Cine Independência.

Histórico do Edifício
O Cine-Theatro Independência foi inaugurado em 15 de agosto de 1922, na praça Saldanha Marinho, com capacidade para 2 mil pessoas. Era de propriedade do Sr. João Correa Pinto e projeto do arquiteto Theo Wiederspahn. O cine sofreu muitas mudanças com o tempo, mas a maior foi em 1956, quando teve sua fachada refeita no estilo de um movimento arquitetônico chamado Art Nouveau, com características modernistas.

Fachada Original do edifício. Fonte: Edmundo Cardoso
Fachada modernista
Antes parasse por aí. Mas não. Alguém resolveu que deveria fazer um "restauro" na edificação e voltar à fachada original. Quem entende um pouco de Restauro deve saber que não se pode chamar de fachada original algo que foi posto à baixo e foi recriado a partir de uma aproximação fotográfica ou do projeto original.
Por que não criar uma fachada contemporânea e mais adequada ao momento atual da arquitetura? Um memorial dentro da edificação que mostrasse o histórico do edifício? Por que copiar e tentar recriar a fachada original do prédio conseguido através de fotografia, plantas originais.. que seja?


Como restaurar o que não existe?
Não seria melhor opção a demolição do prédio, então? Eis o final result:


Feito meu desabafo, aí vai um projeto feito adequadamente de transformação e restauro do Cine Marabá que começou a funcionar nos anos 40 e fechou em 1991. O projeto é de Ruy Ohtake e Samuel Kruchin. Para ver detalhes clique aqui!
original


restauro


"O projeto serve para mostrar que a revitalização do centro só poderá existir por meio da cultura. Espero que seja um passo importante para a região retomar sua importância". Ruy Ohtake

Cuidemos do imaginário de nossas cidades!

Até a próxima!


2 comentários:

Ótima postagem... realmente, se a cagada já foi feita, que seja levada à frente, e não tentar desfazer o erro...

Ótima postagem... realmente, se a cagada já foi feita, que seja levada à frente, e não tentar desfazer o erro...

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More